Globo exibiu "Meu filho nunca faria isso" - Na Internet também seria assim?

Nesta semana, no Programa do Fantástico "Meu filho nunca faria isso" da rede Globo, foi exibido um quadro que responde "Seu filho aceitaria carona de uma pessoa que bebeu?" O programa visa provocar a reflexão e promover o diálogo entre pais e filhos.



Se você não assistiu o programa, vou resumir. As mães participantes do programa aceitaram que os filhos participassem de uma situação fictícia em que uma jovem adulta embriagada (atriz contratada) oferece carona a eles, mas os filhos adolescentes não sabem que estão sendo filmados, acham que é uma situação real.



Como disse Renata Ceribele: "...um dia eles crescem e já não estão mais embaixo das nossas asas" e ai como agiriam? "...será que eles estão preparados para o mundo? Será que eles vão se lembrar de tudo o que os pais ensinaram?"



Sobre os seus filhos, o que vocês acham que eles fariam?



Após o desenrolar das cenas, as mães ficaram visivelmente estarrecidas e aborrecidas com o resultado, eis que todos os filhos aceitaram a carona conduzida por uma pessoa alcoolizada.



Sim, nenhum deles nem titubeou em aceitar!!!



Transportando esse questionamentos para o ambiente digital, me surgiu duas reflexôes.

A primeira é a percepção de mundo. O mundo hoje não é o mesmo mundo da nossa época, hoje temos acesso a tudo e a todos sem sequer sair de casa, basta ter um equipamento tecnológico e acesso à Internet. Ou seja, nossos filhos estão muito mais soltos por esse novo mundo do que imaginamos e muito mais cedo.



Já a segunda reflexão está ligada ao que os pais estão ensinando para os filhos sobre o uso da Internet. Sobre situações do dia a dia, dizemos frequentemente: "Não conversem com estranhos na rua", "Não aceitem bebidas de alguém na balada", "Não aceitem caronas de estranhos, nem de alguém embriagado", etc. Mas e sobre a Internet, sobre o que estamos alertando ou ensinando nossos filhos?



O que e com que frequência falamos sobre os riscos no envio de nudes? E sobre exposição exagerada em redes sociais, xingamentos e ofensas online, memes para trollar amigos e professores, compartilhamento de fotos e vídeos de amigos em situações íntimas ou constrangedoras, criação de perfis falsos, acesso a conteúdo pornográfico, aceitar estranhos como amigos online e interagir com estranhos na Internet e ir ao encontro ou levar para casa alguém que se conheceu na Internet?



Vejam que o programa do Fantástico nos mostrou algumas mães que aparentam não ter conversado com seus filhos sobre os riscos do consumo de bebidas alcoólicas, outras mães parecem já ter abordado o assunto e mesmo assim os filhos, numa situação cotidiana, aceitaram carona de alguém que bebeu.



Inclusive uma das adolescentes que aceitou a carona da pessoa embriagada disse: "Nem me liguei, não pensei nisso!" Outra disse: "Como era pertinho eu aceitei, mas se fosse para outro local eu não aceitaria".



Imagina, então, quando os pais não falam nada???????



Sei que na nossa cabeça de mãe e pai, a gente acha que esses perigos no uso da Internet nunca vão acontecer com nossos filhos ou que estão explícitos. Mas não estão e podem acontecer!!!!!!!!!!



Sabe porque? ADOLESCENTES NÃO TEM NOÇÃO OU PERCEPÇÃO DE PERIGO.



Então, para que nossos filhos não tenham a vida devastada devido ao uso da Internet (seja sendo vítimas ou infratores), temos que blindá-los plantando a semente do uso seguro, consciente e responsável da Internet.



Aqui vem minha provocação a vocês para que reflitam.



E como isso pode acontecer? Falando com eles cotidianamente e mostrando exemplos sobre os benefícios no uso da Internet e também dos riscos e perigos, ou seja, mostrar a realidade nua e crua.



Sua filha atenderia ao pedido de envio de nudes? O que pode acontecer?

Seu filho passaria informações sobre onde estuda a estranhos? Quais os riscos?

Seu filho sairia para se encontrar com alguém que conheceu online? O que pode acontecer?

Etc, etc, etc...



Para terminar e não me alongar mais, quero deixar esse alerta a vocês, conversem e alertem seus filhos sobre o uso da Internet, não esperem uma tragédia acontecer para agir, façam sua parte.



Não adianta fingir que nada acontece, isso é jogar à sorte o futuro dos nossos filhos.


NÃO QUER PERDER NENHUM PR - FILHOS CONECTADOS? Se cadastre gratuitamente e receba semanalmente em seu e-mail: