"Apareço alcoolizado em vídeos na Internet" - problemas no trabalho

Olá Pais e Mães conectados,

Tudo bem?



Quem ainda não enviou perguntas ou comentários, por favor não deixem de participar: filhosconectados@gmail.com. Garantimos a confidencialidade.



Eis que essa semana chegou um relato diferente aqui no Filhos Conectados.



Um jovem adulto comenta: "...com 17 anos, época das baladas, eu fiz vários vídeos e publiquei na Internet, eu apareço muito alcoolizado em vários deles e falando besteiras. Meus amigos do trabalho descobriram e isso está me prejudicando, percebo que onde eu passo eles comentam. Como apagar esses vídeos?"



Quem dera tivéssemos uma borracha eletrônica para apagar coisas na Internet. Não há! Não há porque a internet é uma teia global de computadores interligadas entre si. Um vídeo ou foto pode estar salvo em diversos locais (computadores e servidores) na Internet e se você apaga um, ainda restam outros milhares, que podem inclusive se multiplicar.



Em alguns casos dá para remover de alguns sites ou pedir a desindexação ao conteúdo, impedindo que o mesmo seja visualizado facilmente, mas apagar de vez mesmo, nunca mais.



Esse jovem rapaz, que na época da adolescência não pensou nas consequências que esses vídeos poderiam lhe trazer num futuro próximo, agora já adulto e no mercado de trabalho, carrega esse fardo e vive esse desconforto, sendo motivo de fofoca e chacota. Triste assim!



Que pena que além da borracha eletrônica, também não temos uma máquina do tempo, né?! Garanto que esse jovem com a maturidade que tem hoje, se soubesse dessas consequências, teria tomado mais cuidado com o que publica na Internet.



Mas não são só as postagens de adolescentes que me preocupam não. Vejo também muito pai e mãe publicando fotos dos filhos pelados e em situações constrangedoras. Tem mães que chegaram a filmar a bronca que o filho estava levando e postou nas redes sociais. Teve um pai que postou a foto da prova de matemática do filho que teve um desempenho ruim para lhe dar uma lição dizendo: "quem sabe passando vergonha, ele aprende" e marcou o filho na foto para todos os amigos dele visualizarem a postagem.



Enfim, o que nos resta fazer?????



Primeiro é nós, pais e mães, pararmos de postar e compartilhar qualquer tipo de foto ou vídeo. Afinal, temos que ser modelos para nossos filhos.



Depois, temos que educar nossos filhos para pensar antes de postar, para prever consequências e refletir sobre o que essas postagens de hoje podem acarretar para eles num futuro próximo. Mas para dar certo mesmo, instrua seus filhos sobre isso muitas e muitas vezes, pois eles esquecem, ainda mais quando estão com os amigos.



Sobre o caso do jovem adulto que me escreveu, passei para ele as orientações jurídicas para tentar amenizar o impacto da publicidade desses vídeos e remover o conteúdo da Internet (naquilo que dá) e torço para que esse pesadelo dele passe.



Torço também para que isso não aconteça com outros jovens, e por isso que eu sigo com os Filhos Conectados, para instruir vocês pais a serem os melhores professores sobre educação digital de seus filhos.



Um abração a todos e até o próximo P e R Filhos Conectados.




NÃO QUER PERDER NENHUM PR - FILHOS CONECTADOS? Se cadastre gratuitamente e receba semanalmente em seu e-mail: