P e R (Perguntas e Respostas) - Filhos Conectados 01.10.2019

Olá mães e pais conectados,

Neste P R - Perguntas e Respostas, uma mãe reclama que o filho só escreve no celular e nas redes sociais usando gírias e palavrões e que ela se preocupa em como será a escrita dele no futuro. Veja um trecho do comentário dela: "...as vezes não consigo nem entender o que ele escreve, é um tal de trollar, flopar, TMJ mãe, SLC, pqp, etc. Não sei o que será dessa geração quando tiver que escrever uma redação no vestibular."

Como mãe, devo dizer: Jezuissss nos socorra! Já não basta todas as nossas incumbências como mães e pais e ainda temos que ter um dicionário debaixo do braço (ou em algum site) para ter uma conversa com os filhos?!

Brincadeiras a parte, vamos ser realistas: é isso mesmo, os adolescentes de hoje (e vamos confessar que não são só eles, nós também), devido ao grande volume de mensagens instantâneas que digitamos e postagens que realizamos, acabaram por criar um novo mecanismo de comunicação entre eles por palavras abreviadas, cifradas, palavrões, códigos, emojis, memes, etc. Um emoji, muitas vezes, fala mais do que mil palavras! :-)

Claro que essa avalanche de palavras abreviadas e inventadas pode influenciar na escrita formal de nossos filhos, mas lembrem-se que quando a televisão foi criada, em 1925, diziam que seria o fim dos livros, ninguém mais pegaria um livro sequer para ler. Quase 100 anos depois os livros ainda sobrevivem.

Creio que seja o caso de mostrar para os filhos que em algumas ocasiões devemos manter esse linguajar mais informal (gírias da Internet) e em outras eles terão que ser mais criteriosos e escrever seguindo as regras da língua portuguesa.

Me preocupa o fato de algumas dessas expressões e palavrões serem utilizados indiscriminadamente pelos adolescentes de hoje, caracterizando verdadeiras ofensas entre eles. Vejam um exemplo que esses dias vi numa postagem em rede social em que um adolescente postou uma foto e os supostos amigos virtuais postaram os seguintes comentários: "Bife de rato", "saco de lixo de peruca", metralhadora de bosta", "você não vale o peido de uma jumenta", "sua certidão de nascimento é um pedido de desculpas para a fábrica de preservativos", etc.

Estão chocados não? Eu também fiquei muitoooooooo chocada quando li isso. Juro que pensei: Onde é que esses adolescentes estão com a cabeça?!!!!

Portanto, você pai e mãe já sabendo disso, vale a pena conversar com os filhos e falar que é necessária uma reflexão sobre o uso dessas "estranhas" expressões na Internet, como também ressaltar que xingamentos na internet por meio de gírias ou expressões na Internet não são brincadeiras, mas sim ofensas que podem caracterizar ato infracional se praticado por adolescente e até o dever de indenizar .

Para não terminar, vou listar as principais gírias ou expressões utilizadas e seus significados. As expressões destacadas são as que vocês tem que prestar atenção (tomar cuidado) quando lerem em alguma mensagem dos seus filhos:

- crush: o paquera, a pessoas que se quer ficar ou beijar ou namorar;
- mec: legal, de boa;
- AC: acompanhando comentários de alguma postagem;
- TMJ: "tamo junto"
- OMG: Oh My God - Ai meu Deus;
- bife: melhor amigo/a;
- BFF: Best friend forever - melhor amigo/a para sempre;
- flodar: postar demais, exagerar nas postagens;
- SLC: "sê é loko" - você é louco;
- *F1: fumar um;
- flopar (com "p", do inglês flop): não fazer sucesso esperado;
- shippar: torcer para alguém ficar junto com outra pessoa;
- *stalkear: perseguir, investigar a vida de alguém;
- #tbt: seria algo como o que aconteceu na última quinta-feira;
- 10/10: pessoa linda;
- lacrar: ir muito bem em algo;
- divar: alguém que foi muito bem em algo;
- *dar PT: Atenção pais, significa que a pessoa bebeu demais e deu "perda total";
- mitou: alguém fez algo surpreendente, inédito, incrível, etc;
- *trollar: tirar sarro ou enganar alguém;
- *Manu ou manda nudes: pedido de envio de fotos intímas;
- hitar: algo que está bombando nas redes socias, pode ser música, foto, vídeo;
- *menó: menor de idade;
- *ficar pistola: ficou irritado/a, bravo/a;
- *ana: anorexia. Observe bem o contexto, pois pode só ser o nome de uma pessoa; Borboletana ou Anamia: também se refere a anorexia, bulimia ou sofrimento, depressão.
- vlw: valeu


Pais e mães conseguiremos sobreviver com esse internetês todo, podem apostar.

Abs e contem sempre conosco.

NÃO QUER PERDER NENHUM PR - FILHOS CONECTADOS? Se cadastre gratuitamente e receba semanalmente em seu e-mail: